Cantor do Àttooxxá aponta plágio em música: ‘Cara de concreto’

Tatau grava clipe com participação de Viviane Araújo e Péricles
17 de novembro de 2020
Vanessa da Mata só em 2021
17 de novembro de 2020

Cantor do Àttooxxá aponta plágio em música: ‘Cara de concreto’

O álbum de estreia do DJ Ruxell, “Paz, Amor e Grave”, já chegou ao mundo com polêmica. Isso porque o vocalista da banda baiana ÀttooxxÁ, Rafa Dias – responsável pela coprodução de “Me Gusta”, da Anitta – questionou as semelhanças “Faz a Egypsia“, música do grupo de 2019, com “Abrakadabra“ do DJ.

A faixa conta com participação de MC Rebecca e Márcio Víctor, parceiro antigo do grupo baiano. “Tão ligado que a gente não liga em ser referência, a gente tá ligado que a gente dita tendência do que vai rolar na Bahia tem tempo mesmo… Com toda a humildade do mundo falando, mas essa cara de concreto, hein, amigão? E ainda conhece ‘nós’, tá ligado, velho? Poderia chegar e dar um salve. Se fosse eu, eu daria. Pelo menos colocaria lá nos créditos“, desabafou.

Nas redes sociais, Ruxell não falou sobre o assunto diretamente, mas explicou um pouco do processo de confecção. “É meu primeiro álbum, foi feito com muito amor. O processo está há mais de um ano rolando, tem ideias de três anos. Quem me conhece sabe que eu faço tudo com muito carinho e respeito a todos envolvidos, desde músicos e compositores… inclusive, além de ‘tá na cara’ como artista, também sou produtor. Vivo disso e é a forma que pago minhas contas. Sempre tive muito respeito a todos os compositores. Fica aqui meu agradecimento“, pontuou.  Confira as duas músicas:

Ruxell ficou conhecido por sucessos ao lado de Pablo Bispo e Sergio Santos. Além do cantor do Psirico, o álbum é composto por outras participações como IZA, Gloria Groove, Lexa, Di Ferrero, Rincon Sapiência e Jerry Smith.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *