Carlinhos Brown fala sobre novo projeto infantil

Claudia Leitte rebate fã insatisfeito com capa de seu novo single
9 de maio de 2020
Projota lança música e clipe com Lázaro e Taís
26 de maio de 2020

Carlinhos Brown fala sobre novo projeto infantil

Artista é convidado do projeto ‘De História Em História’, de leitura de livros infantis, no Espaço Mundo Mãe

Cantor, percussionista, compositor, técnico do The Voice Kids, artista plástico, ativista… E, entre tantos talentos, contador de histórias. No projeto De História em História, do Espaço Mundo Mãe (@espaco_mundomae), chegou a hora do incrível e superversátil Carlinhos Brown!

O livro escolhido por ele para ser lido e alegrar a quarentena de quem está em casa é “Os pequenos protetores da Terra”, de sua autoria, parte do projeto “Pertencimento Ambiental”, criado junto com a Editora Brasil Sustentável, para conscientizar a galerinha sobre meio ambiente e fazer com que todos tenham mais cuidado e respeito com a natureza.

Paradidáticos, os livros já começaram a ser trabalhados na Educação Infantil da rede municipal de ensino de Salvador, onde o artista mora. Assista à leitura no vídeo abaixo:

View this post on Instagram

Estão prontos para seguir os passos dos indiozinhos Paxuá e Paramim e viver uma aventura na natureza, desta vez conduzidos pelo artista Carlinhos Brown (@carlinhosbrown)? Então vamos nessa, para mais um capítulo do projeto #DeHistóriaEmHistória, de contação de livros infantis. Paxuá e Paramim estão nas páginas — e fora delas também, na voz de Carlinhos e em clipes de animação — de "Os pequenos protetores da Terra", parte do projeto paradidático "Pertencimento Ambiental", criado por Brown junto com a Editora Brasil Sustentável, para conscientizar a criançada, e por que não seus pais?, sobre meio ambiente. Carlinhos, que é também técnico no #TheVoiceKids ✌, conta que se relacionar com as crianças é libertador. E que nesses tempos de pandemia, os cuidados com o meio ambiente devem ser ainda mais valorizados: "Todas as experiências que vivemos e viveremos irão para um arquivo da nossa história pessoal e nós vamos usar o melhor disso para ajudar o futuro", acredita. Fabiana Karla (@fabianakarlareal) abriu nossa corrente de histórias na última semana. Assistam aos vídeos com as crianças, compartilhem e aproveitem essa alegria na quarentena.🔆 Quem será que contará a próxima história? ❤ #DeHistóriaEmHistória #ContaçãoDeHistórias #QuemContaUmConto #Maternidade #RedeDeApoioMaterno #LiteraturaBrasileira #LivroInfantil

A post shared by Espaço Mundo Mãe (@espaco_mundomae) on

A ideia de fazer esse projeto de livros infantis ligado ao meio ambiente surgiu do desejo de educar. Sou nascido em um bairro rural que passou por muitas modificações: edifícios foram erguidos; uma estrada que liga ao aeroporto, construída. Percebi como afetava o meio ambiente, pois vejo pouco do que via na minha infância. Pior: a construção desenfreada de novos prédios, de novos condomínios, assusta a comunidade e mexe com uma história local que se confunde com a História do Brasil“, explica.

No meu bairro, não apenas se contava lendas de índios, como se cultuava cultos de caboclos indígenas. Isso me moveu. Já havia construído escolas para formação de conhecimento em música e africanidade e conceitos já organizados de afro-ameríndio. Os livros dariam prosseguimento“, completa ele.

Carlinhos Brown, inquieto, ativista, cheio de ideias, deixa transbordar as mil facetas que marcam sua vida profissional para criar sua infinidade de projetos. E assim dá conta de pensar na ampliação do projeto para além dos livros:

Nosso projeto faz parte de um currículo escolar. Isso implica responsabilidades e mostra que precisamos comunicar o máximo possível. Nós já estamos trabalhando há aproximadamente sete anos nisso e os nossos próximos passos passam pelo cinema, por jogos eletrônicos, brinquedotecas. Queremos chegar aonde estão as crianças sem assistência e a cultura indígena, locais como Itabuna, Ilhéus, Vitória da Conquista, esses grandes cantos da Bahia“, conta.

Queremos chegar aonde estão as crianças sem assistência e a cultura indígena“, diz Carlinhos Brown sobre o projeto paradidático.

Para criar os personagens da série, Carlinhos recorreu ao seu imenso repertório cultural. Paramim, um indiozinho extraterrestre, por exemplo, nasceu fora da Terra, nasceu do Céu, e vem de um lugar onde tudo que fazemos por aqui acaba o afetando. Paxuá, indiazinha filha de Tupinambá, referência ao povo que habitava a costa brasileira no século XVI, tem poderes mágicos e se comunica com as águas.


O projeto de contação de livros infantis De História em História acontece todas as quartas e as sextas-feiras no Espaço Mundo Mãe. Em parceria com a Globo Livros para a seleção de títulos. A estreia aconteceu com a atriz Fabiana Karla, com um livro inspirado nas histórias que ouvia da avó. Te esperamos lá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *