Carlinhos Brown foi nomeado Embaixador Íbero-Americano para a Cultura

Devido ao sucesso “De Um Tudo” prorroga a temporada no Teatro Sesc Casa do Comércio
14 de abril de 2018
Justin Bieber dá soco em homem que segurava mulher pela garganta no after do Coachella, segundo TMZ
16 de abril de 2018

Artista é primeiro músico brasileiro a receber o título

Nessa Semana no dia 11 de abril (quarta-feira), no Candyall Guetho Square, em Salvador, o artista baiano Carlinhos Brown recebeu o título de Embaixador Ibero-Americano para a Cultura em solenidade a ser presidida pela Secretária-Geral Ibero-Americana, Rebeca Grynspan, que veio a Salvador (BA) especialmente para a ocasião.

O título é concedido pela Secretaria-Geral Ibero-Americana (SEGIB), organismo internacional a serviço da Ibero-América, que atua como único espaço oficial de convergência, diálogo, trabalho, acompanhamento e acordo da região ibero-americana, que reúne 22 países de línguas portuguesa e espanhola, situados em ambos os lados do Atlântico.

Criada em 2005 com o objetivo de fortalecer a Comunidade Ibero-Americana e lhe assegurar projeção internacional, a SEGIB tem entre as suas práticas a nomeação, como Embaixadores Ibero-Americanos, de personalidades de renome no mundo da cultura, esportes, música ou literatura para atrair atenção pública para as questões relacionadas às suas atividades e missão.

Carlinhos Brown passa a ser o único músico brasileiro a desempenhar a função de Embaixador Ibero-Americano para a Cultura, hoje ocupada por nomes como o do cantor e compositor uruguaio Jorge Drexler, autor da única canção em espanhol (Al otro lado del río) a conquistar o Oscar de Melhor Canção Original, e pela escritora brasileira Nélida Piñon. Drexler, que recebeu o título em 2016, está numa das faixas do último álbum lançado por Brown ano passado, Semelhantes.

Essa nomeação é a primeira para um artista afrodescendente e brasileiro e representa o desejo de dar visibilidade a tudo o que Carlinhos Brown representa: a importância da valorização da cultura afro-brasileira, o uso da cultura como instrumento de transformação social, a promoção da língua portuguesa na Ibero-América e o compromisso com a juventude ibero-americana”, realça a secretária Rebeca Grynspan.

A visita a Salvador da comitiva da SEGIB prevê um tour pelo bairro do Candeal, onde Carlinhos Brown nasceu, incluindo visitas à Creche La Almudena, à Escola de Música da Pracatum, a espaços simbólicos do bairro, como a Bica e a Escadaria do Zé Botinha, além de apresentações de grupos musicais como Lactomia, Filhos de Gandhy, Banda Didá, Bateria de Rua do Candeal, Timbalada e Electrotimba, sendo esta última uma prova do desejo do artista de fundir ritmos e culturas e romper barreiras linguísticas através da música.

 

 

Fonte: Carlinhos Brown Oficial